Mágica ( Sobre reticências... )

16 de jul de 2012









Tal e qual um passe de mágica, esse véu fino e transparente que ilude os olhos bem intencionados...

Os mesmos olhos que sagazes perscrutam a verdade em cada passo e gesto...

Os mesmos olhos atentos a todo e qualquer movimento em volta...

Se embriagam pela névoa...

Se deixam levar pelo doce amargo, inebriante e torpe suspiro...

Tal e qual magia negra disfarçada de encantamento...

Emburrece os sentidos, camufla fatos e solfeja melodias dissonantes...

Tal e qual efeito de droga pesada...

Alucinógena... maligna...

Que continue.. que continue.. que não demore.. que não demore... que já não aguento mais minhas próprias reticências...




SambaJazz

12 de jul de 2012


Não sai da minha cabeça...





"Eu era samba e você jazz
A melodia era assim
Tampouco eu sabia cantar
Você me esnobava com encanto
Tinha as escalas no lugar
Tampouco eu sabia...


Pois eu já não me importo com as palavras
Suas gírias, suas farsas
Pra depois me ignorar
Fazendo gestos são só cacos, improvisos na sua vida
Entre encontros e despedidas
Que nem Milton há de explicar...


Eu era água e você mar
Em harmonia era assim
Portão e luva, céu e ar
Pequenas frases, contos estranhos
Contava suas histórias, desencontros
Tampouco eu sabia...


Pois eu já não me importo com as palavras
Suas gírias, suas farsas
Pra depois me ignorar
Fazendo gestos são só cacos, improvisos na sua vida
Entre encontros e despedidas
Que nem Milton há de explicar... "




Letra de: SambaJazz - João Naccarato








Link para baixar essa e outras músicas do Cd Café com Paçoca - João Naccarato









 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada