Ferida eterna...

20 de abr de 2011

Saiu sangue, doeu, esfolou... até que um dia, criou casca. 
Casca em cima de casca.
Sangra de novo quando você sente a unha penetrar a carne. 
Outra vez. Até que seque.
Até que encontre um alívio, um alento em forma de cicatriz nova.
Vai passar... 
Nem vai parecer que machucou.
Não...  unha inquieta, que afunda, arranca, expõe a carne viva...
não se contenta enquanto não descasca,
desnuda, arranca...
Sangra... mais uma vez, dói, esfola,seca.
Casca em cima de casca.
Demora mais a afundar-se a garra sorrateira, crispando, arranhando...
Casca grossa... casca que cede, perfurada.
E de novo sangra....


7 comentários:

Fernanda Marchioretto on 21 de abril de 2011 12:43 disse...

E sabe de quem é a culpa? Nossa, só nossa. Quando nos ferimos pela primeira vez pode ser um descuido, mas pela segunda, pela terceira... é só porque a gente permitiu mesmo, descaramente.
Bjo sua linda!

Cris Paulino on 22 de abril de 2011 00:33 disse...

A primeira vez que nos machucamos não é culpa nossa. Mas se mexermos na ferida com certeza vai sangrar de novo e vai ser culpa nossa como diz a Fer acima.. beijão flor!!!! (e tira o dedo daí, mulher?)

Andressa on 22 de abril de 2011 13:36 disse...

Tem feridas q são assim mesmo né xuxuzita?!?
Parece q estarão sempre abertas...
Mas cabe a nós secá-las!
Dar um basta em quem insiste em nos machucar.
Gosto mto de uma frase de Eleanor Roosevelt, q diz: "Ninguém pode fazer com que te sintas inferior sem o teu consentimento."
Acho q diz td!
Bjo!

Manu on 22 de abril de 2011 16:35 disse...

Isso parece descrição motafórica de algum amor bandido... Daqueles que sabemos q magoa, machuca, mas insistimos em tentar...

beijos!!!

jurizieri on 25 de abril de 2011 14:05 disse...

:(
As vezes precisamos dum bom Nebacetin na nossas vidas!rs
Mas só depende de nós, se somos capazes de controlar todo o corpo pela mente, somos capazes de decidir que essa ferida se fechará pra sempre, só vc tem o controle!
Beijo!

Shirley on 29 de abril de 2011 08:38 disse...

Dói, machuca, foi muito bom ler esse seu texto hoje logo pela manhã, pois tomei um decisão: Eliminar tudo aquilo que me machuca...

Lenita de Paula on 12 de julho de 2011 00:20 disse...

Eu não sei fazer poesia... sabe... mas já tem aquela música que completa a frase...mesmo assim, deixo aqui o link do meu mini-post gêmeo do seu!

kkkkk
beijokas

http://lenitadepaula.blogspot.com/2011/07/cicatriz.html

 

Copyright © 2009 Grunge Girl Blogger Template Designed by Ipietoon Blogger Template
Girl Vector Copyrighted to Dapino Colada